Ipem encontra irregularidades em produtos infantis

O Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo autuou 23 lojas no interior paulista por comercializarem produtos infantis irregulares. A Operação Dia das Crianças foi feita em 111 estabelecimentos de diversas cidades. Na região, aconteceu em Americana e Santa Bárbara d’Oeste.

Foram verificados no trabalho, brinquedos, berços, carrinhos e cadeira para veículos, para verificar a presença do selo obrigatório do Inmetro. O resultado chamou a atenção da diretora de fiscalização do Ipem-SP, Marta Malvestiti, já que 7% dos itens checados não possuíam esse requisito. O índice se refere ao total produtos vistoriados no estado, pouco mais de 20,9 mil. Dos 167 locais que foram alvos, 18% vendiam mercadorias sem selo.

Com isso, além de indicar aos pais e responsáveis que verifiquem a existência do selo, dá outras dicas sobre como garantir que aquela mercadoria é segura. Entre elas, optar pelo comércio formal e que seja de confiança do consumidor, além de exigir a nota fiscal e ficar atentos às informações das embalagens.

A ação dos agentes do Ipem foi feita entre os dias 30 de setembro e 3 de outubro e encontrou erros em 656 dos mais de 13,7 mil produtos fiscalizados no interior paulista. No caso de autuação, os fabricantes e lojas têm o prazo de 10 dias úteis para apresentar defesa. As multas podem chegar a R$ 1,5 milhão.